Joran

Humano de estatura média, magrinho, cara jovem e simpática de cabelo preto.

Description:

Joran é um artificer de 18 anos. Ele é um filho bastardo de um dos herdeiros da casa dragonmarked de Cannith, embora ele mesmo desconheça este facto. O seu mestre ao reconhecer a marca do seu aprendiz disse-lhe para nunca mais mostrá-la a ninguém e ele assim o fez. A sua motivação é tornar-se num lendário criador de items mágicos.

Bio:

Criança de orfanato da classe média em Sharn, Joran nunca precisou de nada em termos de segurança, alimento ou saúde. Calmo e observador, preferia brincar com a sua imaginação e pequenos constructos de pedra e pau do que com as outras crianças.
Joran cedo se apercebeu da existência de magia em certos objectos que conferiam aos seus utilizadores habilidades adicionais. Com o desejo de observar melhor esses items começou a tentar adquirir alguns deles, não necessariamente por métodos legítimos. Foi apanhado uma vez por um engenheiro de magia, um artificer. Este homem, o Mestre Thu’lan Ough, apesar de o repreender, compreendeu e ensinou-lhe tudo o que pôde de ser um artificer e Joran foi um rápido aprendiz, conseguindo terminar a sua aprendizagem em 5 anos.
Pouco depois da sua aprendizagem completa, o seu mentor morre. Quando Joran descobre, este leva o seu precioso anel como recordação, abandonando a oficina de Thu’lan exactamente como a encontrou. Também perto deste acontecimento, Joran é obrigado a abandonar o seu orfanato. Para sobreviver, Joran começa a dedicar-se a pequenos trabalhos de espionagem, onde usa os seus constructos mágicos para ter sucesso nas suas missões. Neste período de tempo Joran domina outras quatro línguas, o Dwarven, o Draconic, o Elven e o Goblin. Passado algum tempo Joran apercebe-se que esta vida não o leva a lado nenhum. Descobre também a sua motivação: criar o artefacto mágico mais lendário de todos os tempos e caso Joran deixe de o poder utilizar, destrui-lo para ninguém poder usar os seus poderes além dele.
Joran parte então de Sharn. Saindo de Sharn parte para Lhazaar onde encontra numa taverna em Tantamar um dragonborn bastante peculiar: Zodarn Yarkans. Este dragonborn procura destruir todos os dragões que não são valorosos e Joran acredita que pode encontrar coisas que o ajudem a encantar e a fabricar items mágicos perto de dragões, por isso pede a este dragonborn para fazerem causa comum. Zodarn aceita.
Juntos viajam de barco para Taer Valaestas capital de Valenar, mas o seu navio é atacado por piratas. Estes travam uma simpatia com Joran que os convence a ele e o seu companheiro Zodarn a serem libertados em troca de serviços a bordo do navio pirata, na condição que passado algum tempo os piratas os deixam sair do navio. Isso acontece em Labelle, Biraque onde Joran e Zodarn viajam juntos para o interior do continente, o primeiro em busca de artefactos raros e o segundo em busca de dragões. Joran só encontra traquitanas sem valor nenhum e Zodarn não encontra dragões, mas um dia numa das buscas por um dragão, Zodarn e Joran são apanhados por um grupo de goblins enquanto dormiam e são levados para uma sala para tortura e interrogação. Enquanto Zodarn os desafiava com a voz e era amarrado à mesa de tortura, os membros do Heptágono de Prata interrompem e eliminam os torturadores com a ajuda de Zodarn e uma pequena participação de Joran, começando assim a associação destes caçadores de dragões com o Heptágono.

Joran

Heptágono de Prata cpt_boris